Bardock está ganhando o devido destaque na atual saga do Granola do mangá de Dragon Ball Super, com muitas informações sobre seu passado sendo reveladas.

O capítulo 83 do mangá mostrou a conclusão da luta do pai de Goku contra Gas (um dos antagonistas desta saga), uma história que aconteceu pouco antes de Freeza explodir o planeta Vegeta.

Durante a luta, Bardock teve o auxílio do namekuseijin Monaito, que também tem a habilidade de criar Esferas do Dragão e as usou para tentar ajudar o saiyajin.

Bardock se recusou a ser teletransportado de volta ao planeta Vegeta. Monaito então perguntou se ele tinha algum desejo. Sem entender o que são as Esferas do Dragão, Bardock simplesmente desejou que seus filhos, Goku e Raditz, cresçam bem.

Bardock faz um pedido às Esferas do Dragão em página do capítulo 83 do mangá de Dragon Ball Super.

O mangá não mostrou exatamente como Monaito fez o desejo, mas ficou implícito que ele acatou com a vontade de Bardock. E isso tem implicações imensas em toda a história de Dragon Ball.

Entre as especulações dos fãs, temos:

  1. Talvez este desejo tenha sido o responsável por Raditz ter escapado da explosão do planeta (e indiretamente salvando Vegeta e Nappa, que estavam com ele).
  2. Bardock pode ter sido influenciado pelo desejo a enviar Goku para a Terra, por também ser um planeta com Esferas do Dragão.
  3. O desejo pode ter influenciado na luta deste capítulo. Se o Dragão entendeu que Bardock não poderia morrer ali para salvar Goku, ele poderia ter “ajudado”, fazendo Elec errar os tiros.
  4. Goku praticamente morreu quando enfrentou pela primeira vez Tao Pai Pai e Piccolo Daimao. O desejo poderia ter ajudado Goku a não sucumbir nessas lutas.
  5. Goku e Raditz morreram juntos, é verdade. Mas isso só aconteceu após serem adultos. Ou seja, eles de fato cresceram sãos e salvos.

O que você acha deste desenvolvimento? O capítulo 83 do mangá de Dragon Ball Super foi lançado no dia 20 de abril e está disponível para leitura online oficial no aplicativo Mangaplus (apenas em inglês e em espanhol, sem previsão para português).

Siga Geekdama nas redes sociais!