Se você assistiu à nova série, Fear The Walking Dead, então pôde ver bastante da atuação de Frank Dillane, que interpretou o personagem Nick Clark.

Com 24 anos de idade, o ator já esteve presente em séries e filmes de sucesso. Confira uma seleção com cinco curiosidades levantadas pelo site HollywoodLife.

1 – Ele foi o jovem Tom Riddle em Harry Potter e o Enigma do Príncipe

frank-dillane-harry-potter

Se você achou Nick familiar é porque você definitivamente já o viu antes. Em 2009, para ser mais preciso, onde Frank interpretou o pequeno Tom Riddle (também conhecido como Lord Voldemort para os mais íntimos) no sexto filme da franquia, Harry Potter e o Enigma do Príncipe (Harry Potter & The Half-Blood Prince).

2 – Frank nunca viu The Walking Dead

fear-the-walking-dead-1-temporada-02-alicia-clark-nick-clark

Apesar de Fear The Walking Dead ser uma série baseada em The Walking Dead, Dillane disse em entrevista recente ao site EW que ele nunca havia visto nenhum episódio da série original.

Nunca vi nada. Estou tentando me manter afastado o máximo possível. Entendo que é uma série bem diferente e personagens de certa forma diferentes, então me mantive afastado do original.

3 – Frank tem uma conexão com Game of Thrones

stannis-baratheon

Apesar de nunca ter dado as caras na série da HBO, o pai de Frank, Stephen Dillane, interpretou Stannis Baratheon. Na verdade, se não fosse pela bem sucedida carreira do pai, Frank provavelmente não estaria em Hollywood. Seu primeiro papel foi quando tinha apenas 6 anos, em um filme que Stephen esteve presente, Welcome To Sarajevo.

4 – Para se preparar para o papel ele leu Confissões de Um Comedor de Ópio

confissoes-de-um-comedor-de-opio

Ficou bem óbvio em Fear The Walking Dead que o personagem de Nick tem sérios problemas com drogas e vive de forma deplorável.

Frank revelou que para se preparar para o papel ele leu Confissões de Um Comedor de Ópio (Confessions Of An English Opium Eater), de Thomas De Quincey. Confira a sinopse:

Neste livro, o grande escritor inglês Thomas De Quincey (1785-1859) fala de sua descoberta do ópio como se fosse a revelação da verdade divina. “Esta é a doutrina da verdadeira igreja sobre o ópio, da qual eu sou o único membro”, dizia ele. O ópio, não o comedor, é o “verdadeiro herói da história.O livro foi escrito também com o disfarçado propósito de mostrar a força específica do ópio sobre a faculdade de sonhar, “mas muito mais com o propósito de mostrar essa faculdade”. A verdadeira originalidade da obra – e nisso todos os intérpretes parecem de acordo – não é o registro do caso de um viciado em ópio, mas o fato de ser um estudo pioneiro da interferência do subconsciente nos sonhos.

De Quincey inicia a exploração da mente, principalmente a da criança, que aprofundaria em outro trabalho, Suspiria da Profundis. (…) De Quincey foi um comedor de ópio por quase cinqüenta anos, e as doses variaram durante esse tempo. Era considerado um excêntrico, vivia em quartos infectos e entre pilhas de jornais; comia mal e pouco e normalmente andava de noite para se manter na cama durante todo o dia. Era incapaz de lidar com o dinheiro, de observar horários e datas, porque não estava preparado para perder tempo com esse tipo de insignificâncias. (…) Cortês na hora de falar, mas algumas vezes malicioso e mesmo impertinente ao escrever; superficialmente conhecido, mas inatingível nos mais fundos recantos de sua mente.

5 – Frank Dillane apareceu na 1ª temporada de Sense8

Mais uma série original da Netflix, Sense8 vale a pena ser assistida. Além de ser uma ótima história, ela conta com a participação de Frank em alguns episódios no papel de um amigo próximo de uma das principais personagens. E, novamente, ele é um personagem com problemas com drogas!

***

O que você está achando da interpretação de Frank Dillane?

Fontes: HL e EW

Ops! Lista não encontrada! Entre em contato conosco para consertarmos esta página.

Siga Geekdama nas redes sociais!