Governo americano permitindo ataques aos Estados Unidos para motivar guerras. Evidências de atividades alienígenas na terra acobertadas. Supostas fraudes. Planos de dominação mundial. Suspeitas de assassinato. Paranoias em geral. Quem nunca na vida debateu uma possível teoria da conspiração? Eis algumas das mais recorrentes pela web.

 

1 – Os ataques de 11 de setembro foram permitidos pelo governo Americano

10 Teorias da Conspiração

Várias teorias da conspiração surgiram após os ataques ao Word Trade Center em 11 de setembro de 2001, muitas delas afirmando que o então presidente George W. Bush e outros proeminentes membros de seu gabinete sabiam sobre os ataques de antemão, mas permitiram propositalmente que eles ocorressem para gerar na opinião pública uma inclinação favorável à militarização, expansão da vigilância do Estado na vida diária dos cidadãos comuns e outras políticas bastante intrusivas, tanto nacional quanto internacionalmente, as quais beneficiariam os governantes, seus aliados e lobistas.

Proponentes desta teoria apontam que o Projeto para uma Novo Século Americano, uma política institucional conservadora que visa uma crescente liderança americana no mundo, cujo colegiado já contou com nomes como o ex – Secretário de Defesa Donald Rumsfeld, o  ex vice-presidente Dick Cheney e vários outros nomes importantes da administração de George Bush.

Um 1990 um relatório do grupo afirmou que um “evento catastrófico e catalisador – como um novo Pearl Habor” seria necessário para mudar a opinião pública a favor de sua causa.

 

2 – OVNI resgatado em Roswell

10 Teorias da Conspiração

O incidente ufológico de Roswell consistiu na recuperação de destroços perto da cidade de Roswell, no estado americano de Novo México, em julho de 1947, e desde então é alvo de intensa especulação, rumores, questionamentos e pesquisas. Há opiniões totalmente divergentes sobre o que teria realmente acontecido e debates calorosos sobre quais evidências têm credibilidade.

No dia 2 julho de 1947, o fazendeiro William Brazel estava andando a cavalo nas imediações do rancho onde vivia com seu filho quando se deparou com uma série de destroços. Brazel achou que se tratava de restos de algum balão meteorológico, bastante comuns na região, e não deu importância na hora e voltou ao local dois dias depois com sua esposa e sua filha para limpar os destroços.

O fazendeiro comentou o ocorrido com seus vizinhos, Floyd e Loretta Proctor que por sua vez, reportaram a alguns jornais locais, afirmando que poderia ter sido a queda de um disco voador. Histórias sobre OVNI’s estavam em voga na época, e muitos jornais pagavam bem por evidências de atividade alienígena em nosso planeta.

A notícia foi publicada, causando grande furor na população americana. No entanto, o incidente ufológico foi desmentido logo em seguida pelos jornais, que alegavam que o objeto encontrado era somente um balão meteorológico, versão sustentada pelo exército americano até hoje.

No começo dos anos 90, pesquisadores ufológicos como Friedman, William Moore, Karl Pflock, Kevin Randle e Don Schmitt entrevistaram centenas de pessoas que testemunharam, ou alegam ter testemunhado, o que se passou em Roswell em 1947.

Além disso, centenas de documentos obtidos através do Ato de Liberdade de Informações , bem como supostas informações vazadas por pessoas que haviam trabalhado (incluindo o polêmico Majestic  12, suposto comitê que teria sido criado pelo governo americano para investigar OVNI’s).

A conclusão dos ufólogos é que pelo ao menos uma nave alienígena havia caído em Roswell que aliens, alguns possivelmente vivos, foram resgatados.  O incidente teria sido massivamente acobertado pelo governo americano para evitar pânico.

 

3 – Assassinato de John Kennedy

10 Teorias da Conspiração

No dia 22 de novembro de 1963, o então presidente americano John F. Kennedy foi baleado enquanto participava de uma carreata ao lado de sua esposa, Jacqueline, em Dallas, no Texas. A investigação oficial sobre o assassinato durou 10 meses e o relatório publicado em setembro de 1964 concluía que o crime foi uma iniciativa individual de Lee Harvey Oswald, um ex-militar que trabalhava na Texas School Book Depository, localizada na Praça Dealey, lugar por onde passava o carro de Kennedy quando ele foi atingido.

Diversas teorias da conspiração existem em relação ao assassinato de John F. Kennedy, algumas delas elaboradas logo após sua morte. Muitas destas teorias propõem várias conspirações criminosas envolvendo instituições como a Reserva Federal dos Estados Unidos, a CIA, o KGB, a Máfia, além de nomes como J. Edgar Hoover, o patrono do FBI, o vice-presidente Lyndon B. Johnson, que assumiu a presidência com a morte de Kennedy, Richard Nixon, Fidel Castro, George H.W. Bush e organizações como grupos de exilados cubanos opositores de Castro e dos interesses militares americanos.

 

4 – Aquecimento global é uma fraude

10 Teorias da Conspiração

A sugestão de uma a teoria sobre o aquecimento global seria uma fraude surgiu pela primeira vez em um documentário de 1990 chamado Aquecimento Global, a Conspiração (The Greenhouse Conspiracy), transmitido no Reino Unido pelo Channel Four em uma das edições do Equinox, uma série semanal de documentários.

No documentário, há uma denúncia de que cientistas críticos do conceito de aquecimento global não obtiveram financiamento para suas pesquisas. O phD William Gray, peioneiro na previsão de furacões, criou uma lista com 15 motivos para a invenção de uma histeria em torno do aquecimento global.

A lista inclui o desejo de cientistas, alguns líderes de governo e ambientalistas de encontrar uma causa política que os possibilite se organizarem e se para exercer maior influência política, além de gerar na população em geral um sentimento de conformismo pela inevitabilidade do problema que a torne mais manipulável pelo governo.

 

5 – Princesa Diana foi assassinada a mando da família real

10 Teorias da Conspiração

Lady Diana e seu namorado Dodi Fayed (filho de Mohamed Fayed, proprietário dos hotéis Ritz e luxuosa loja de departamentos Harrods) foram mortos em um acidente de carro enquanto estariam tentando fugir de alguns paparazzi em Paris.

Dodi era muçulmano, enquanto Diana era a mãe do futuro cabeça da Igreja Anglicana, o que seria fonte de desconforto para a família real britânica. Isso levou várias pessoas a especularem que Diana foi assassinada para prevenir um escândalo real através de um possível casamento com Dodi.

Pesquisas sugerem que cerca de um quarto dos britânicos e a maioria da população de alguns países árabes acreditam que houve uma tramoia para matar Diana. Outras conspirações populares sobre a morte de Diana, a “princesa do povo”, também cogitam o envolvimento da Inteligência Francesa, a imprensa, os serviço secreto britânico, o Mossad (serviço secreto israelense), a CIA, a Maçonaria e o IRA (Exército Republicano Irlandês).

 

6 – Dominação mundial judaica

10 Teorias da Conspiração

Na história recente, esta teoria vem principalmente do livreto Os Protocolos dos Sábios de Sião, que é considerado o precursor da literatura conspiratória contemporânea. O documento, surgido na Rússia em 1897, descreve um suposto projeto judaico para a dominação mundial.

Muitos consideram que Os Protocolos foram forjados por antissemitas com o intuito de criar um sentimento de aversão e cautela contra os judeus.  Numerosas investigações independentes indicamexaustivamente que o conteúdo do texto  é uma fraude, o que não impede que outras numerosas investigações independente tentem mostrar que o documento é verdadeiro.

O texto foi popularizado pelos opositores do movimento revolucionário russo e continuou sendo disseminado muito depois da revolução de 1905, se tornando mundialmente conhecido depois da Revolução de Outubro em 1917. Os Protocolos foram citados pelo Partida Nazista em sua propaganda antissemita.

 

7 – O homem jamais teria pisado na lua

10 Teorias da Conspiração

Existem diversas acusações de que algumas, ou mesmo todas, as evidências de que a nave Apollo teria pisado na lua foram forjadas pela NASA e possivelmente por membro de outras organizações envolvidas na empreitada.

Alguns grupos e indivíduos desenvolveram textos que afirmam que os astronautas da nave Apollo jamais aterrissaram na lua e que tudo não teria passado de uma fraude criada e perpetuada pela NASA.

Os proponentes dessa teoria devotam uma substancial parte de seus esforços para examinar as fotos supostamente tiradas na lua, apontando vários indícios de fraude enquanto alguns especialistas em fotografia (alguns sem qualquer relação com o governo americano) contestam as alegações.

 

8 – O governo americano permitiu o ataque a Pearl Harbor

10 Teorias da Conspiração

Essa teoria afirma que o Presidente Roosevelt sabia sobre os planos para atacar a base militar de Pearl Harbor, no Hawaii, durante a Segunda Guerra Mundial , mas não informou aos comandantes havaianos. Roosevelt precisava do ataque para ter um pretexto sólido para declarar guerra ao Eixo.

Até então, a opinião pública e o congresso americano eram massivamente contra a entrada direta dos Estados Unidos no conflito que se desenrolava na Europa. Adeptos dessa teoria acreditam que os governos do Reino Unido, da Holanda, da Austrália, do Peru, da Coréia e da União Soviética alertaram a sobre os planos do Japão de atacar Pearl Harbor. Os principais códigos japoneses haviam sido decifrados. Baseado nisso, os teóricos afirmam que Roosevelt sabia do ataque iminentes, porém não o impediu e depois encobriu as evidências de que havia conhecimento prévio sobre o ataque.

 

9 – O terceiro segredo de Fátima

10 Teorias da Conspiração

Os Três Segredos de Fátima são três supostas profecias entregues pela Virgem Maria a três jovens pastores portugueses: Lucia Santos e seus primos Jacinta e Francisco Marto.

Entre maio e outubro de 1917, as três crianças alegam ter testemunhado aparições de Maria, hoje popularmente conhecida como Nossa Senhora de Fátima. No dia 13 de julho de 1917, Maria teria confiado às crianças três segredos em forma de profecias.

Os dois primeiros segredos foram revelados em 1941 em uma carta escrita por Lucia para auxiliar na canonização de seus primos. O primeiro seria uma visão dos sofrimentos do inferno e o segundo seria a devoção ao Imaculado Coração de Maria, que consiste basicamente na veneração do coração de Maria pelos católicos. No entanto, a terceira profecia permanece um segredo. O bispo de Leiria ordenou a Lucia que o escrevesse em uma carta e depois colocou o segredo em um envelope lacrado, a ser entregue ao Papa.

O conteúdo da carta foi lido Papas João XXIII, Paulo VI e João Paulo II, que decidiram não publicá-lo. A recusa da Santa Sé em divulgar o Terceiro Segredo alimentou diversas especulações sobre a suposta profecia, a maioria das quais são relacionadas a oposição ateísta ao cristianismo e aos sofrimentos dos cristão nesse século.

 

10 – Experimento Filadélfia

10 Teorias da Conspiração

O Experimento Filadélfia, também conhecido como Projeto Arco-Íris, seria um suposto teste militar realizado no Estaleiro Naval da Filadélfia por volta do dia 28 de outubro de 1943, no qual o navio contratorpedeiro USS-Eldridge teria ficado invisível ao olho nu, sumindo em um flash de luz esverdeada por um breve período de tempo.

A história é amplamente dada como mentirosa. A Marinha americana alega que o experimento jamais aconteceu e, além disso, detalhes da história contradizem alguns fatos sobre o funcionamento do Eldridge. Ainda sim o suposto ocorrido ainda fomenta discussões em alguns círculos e elementos das histórias acerca do Experimento Filadélfia aparecem em diversas outras teorias da conspiração contra o governo americano.

De acordo com alguns relatos, o experimento teria sido conduzido pelo Dr. Franklin Reno como uma aplicação militar da Teoria do Campo Unificado. Essa teoria postula que as forças fundamentais entre partículas elementares possam ser descritas em um único campo.  Através de uma aplicação especial desse conceito seria possível, através de equipamento especializado e energia suficiente, transformar a luz ao redor de um objeto de modo que ele pareça invisível a olho nu.

De acordo com a conspiração, a Marinha teria considerado a aplicação do teoria de campo unificado de imenso valor bélico, especialmente porque na época os Estados Unidos  estava envolvido na Segunda Guerra Mundial, e teria obtido patrocínio do governo americano para colocar o experimento em prática.

Fonte: Listverse

Siga Geekdama nas redes sociais!