Companhia perfeita dos cinemas, a pipoca está presente em praticamente o mundo inteiro. Doce, salgada, com sabores e formatos inusitados, é uma iguaria simples, leve e, dependendo do tempero que tenha, saudável. Confira a seguir 27 curiosidades super interessantes sobre a pipoca.

 

1 – Os americanos são o povo que mais consumem pipocas no mundo. São cerca de 18 bilhões de litros do produto todo ano, quantidade suficiente para encher o Empire State Buildings 18 vezes. Além disso, maior parte da pipoca comprada no mundo é cultivada nos Estados Unidos.

2 – Pipoca é uma guloseima saudável para os diabéticos. A Associação Americana de Diabetes afirma que pessoas que estão em dieta para perda de peso podem substituir pão por pipoca.

3 – Os grãos não devem ser guardados na geladeira, pois a baixa temperatura elimina a umidade do milho, e sem essa umidade a pipoca não estoura. O ideal é estocar a pipoca dentro do armário.

4 – Pipoca tem mais proteínas do que qualquer outro cereal. Também tem mais ferro do que ovos e do que rosbife, além de possuir mais fibra do que pretzels ou batatinhas fritas.

5 – A maior bola de pipoca do mundo tinha 3,66 metros de diâmetro e pesava cerca de 2,27 toneladas. A receita levou mais de 900 kilos de milho, 18 toneladas de açúcar, 1.060 litros de xarope de milho e mais de 1.500 litros de água.

Curiosidades sobre Pipoca

6 – Há dois formatos de pipoca: “floco de neve” e “cogumelo”. O formato “floco de neve” é que é normalmente vendido nos cinemas por ser maior do que o “cogumelo”.

7 – Orville Redenbacher é a pipoca mais vendida do mundo. Orville, o dono da marca, começou a cultivar milho para pipoca aos 12 anos.

8 – Na antiguidade, para fazer pipoca as pessoas aqueciam areia em uma fogueira e depois remexiam os grãos de milho na areia quente.

9 – Quando o explorador Felix de Azara visitou o Paraguai no século 18, ele notou que algumas pessoas colocavam grãos de milho-pipoca dentro de uma espécie de borla e então a mergulhavam em gordura ou óleo quente para que os grãos estourassem. Essas borlas ornadas com pipocas eram usadas para decorar chapéus noturnos.

10 – Outono é a estação do ano em que se mais consome pipoca, seguido pelo inverno. As vendas de pipoca costumam diminuir durante a primavera e o verão.

11 – Em um pacote de milho-pipoca de boa qualidade, 98% dos grãos devem estourar devidamente, o que deixa uma margem para 2% de grão sem estourar.

12 – O milho-pipoca não é o único que estoura. Diversos tipos de milho flint e de milho dentado também estouram, porém a pipoca destes milhos é menor. Além disso, algumas variedades de arroz, painço, quinoa, amaranto e sorgo também estouram.

13 – O grão de milho contém uma pequena quantidade de água, que se vaporiza quando o grão é aquecido. Como diferentemente de vários outros grãos o milho-pipoca não é permeável pela água, a pressão da vaporização não tem por onde escapar, o que causa o estouro do grão.

14 – O inventor da pipoca de microondas foi o americano Perry Spencer, um especialista em eletrônicos. Em 1945, durante algumas experiências realizadas com radares e micro-ondas, Spencer notou que uma barra de chocolate que estava em seu bolso derreteu. Ele decidiu testar se o fenômeno responsável pelo derretimento do chocolate poderia estourar pipoca também. Funcionou. A partir daí Spencer desenvolveu os estudos que levaram à invenção do forno de micro-ondas.

15 – Quem inventou a máquina de pipoca foi o comerciante americano Charles Cretors em 1893.

Curiosidades sobre Pipoca

16 – No Peru foram encontradas evidências do cultivo do milho-pipoca há 4.700 anos A.C., o que o torna um dos mais antigos tipos de milho. Peruanos também moíam o milho-pipoca para fazer farinha. Além disso, alguns índios norte-americanos usavam a pipoca para fazer cerveja e sopa. Ervas desidratadas e até mesmo pimenta eram usadas para temperar a guloseima.

17 – O mais antigo recipiente para se estourar pipoca de que se tem notícia é uma vasilha rasa com um cabo e uma abertura no topo é datado de 300 D.C.

18 – Os astecas usavam pipoca em cerimonias para ornar cocares e colares (em uma dança tradicional, várias jovens faziam uma dança usando guirlandas de pipoca na cabeça). Pipoca também era usada para decorar estátuas de deuses astecas.

Curiosidades sobre Pipoca

19 – Como o açúcar nos EUA foi estritamente racionado na Segunda Guerra, o consumo de doces não era frequente. Isso fez com que as vendas de pipoca aumentassem 300% durante a guerra.

20 – Alguns índios norte-americanos acreditavam que espíritos viviam pacificamente dentro dos grãos de milho-pipoca. Segundo a crença, esses espíritos se enraiveciam quando suas “casas” eram aquecidas e sacudidas e explodiam o grão.

21 – A mais antiga espiga de milho de que se tem notícia foi encontrada em uma caverna de morcegos no México em 1948. Acredita-se que a espiga tem cerca de 5.000 anos.

22 – Grãos de milho-pipoca com cerca de 1.000 anos de idade foram encontrados em tumbas no Peru. Os grãos estavam tão bem conservados que ainda podiam ser estourados.

23 – Pipoca contém grandes quantidades de proteínas, vitaminais e minerais. Entre outros benefícios para saúde, a pipoca ajuda na construção de ossos e músculos, além de ser benéfica para o sistema digestivo. Ela também é rica em antioxidantes (polifenóis). No entanto, quando consumida com excesso de manteiga, óleo ou sal, a pipoca pode perder sua capacidade nutricional.

24 – Sabores exóticos de pipoca incluem cerveja, queijo azul, marshmallow, pimenta mexicana, sal marinho, abóbora, trufa negra, manteiga de castanha, cheddar branco e cupcake.

Curiosidades sobre Pipoca

25 – O nome científico do milho-pipoca é Zea Mays Everta.

26 – Pipoca é vendida nos teatros e cinemas desde 1912 e é uma das principais fontes de renda das salas de cinema, especialmente porque seu preço é muito acima do valor de mercado (cerca de 90% do valor da pipoca vendida nos cinemas é o lucro) e também porque comer pipoca estimula o consumo de outros produtos, como refrigerantes e doces.

27 – A temperatura ideal para se fazer pipoca é entre 204 °C e 232 °C. Os grãos começam a estourar por volta dos 175 °C.

Fonte: Random Facts

Siga Geekdama nas redes sociais!