Os Bichos-Folha estão entre as criaturas mais impressionantes do reino animal em termos de imitação. Estes insetos têm a aparência perfeita de folhas, para se protegerem de predadores. Algumas espécies simulam até mesmo as imperfeições nas bordas das folhas, como rasgos, mordidas por outros insetos e a deterioração natural que elas sofrem. E para confundir ainda mais, quando estes insetos caminham, o movimento que suas “folhas” fazem são muito semelhantes a folhas de verdade sendo levadas pelo vento.

Esta criatura foi documentada pelo acadêmico Antônio Pigafertta, que estava a bordo com Fernão de Magalhães, em suas viagens no século 15. Ele estudou e narrou a fauna da ilha de Cimbonbon enquanto a embarcação estava em reparos. Ele usou este tempo para relatar a espécie Phyllium com as seguintes palavras:

Nesta ilha há também certos tipos de árvores cujas folhas caídas adquirem vida própria e saem andando. São parecidas com as folhas das árvores de amoras, mas menores. Seu caule é curto e pontudo. E próximo ao caule há um par de patas de cada lado. Ao serem tocadas, elas fogem. Mas ao serem esmagadas, não espirram sangue. Consegui manter um por nove dias em uma caixa e ao abrí-la, a folha permaneceu nela. Acho que elas precisam de ar para viver.

Os Bichos-folha estão presentes do Sul ao Sudeste da Ásia e na Austrália. Ainda não existe um consenso sobre sua classificação, mas são geralmente consideradas da família Phylliidae.

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

A camuflagem perfeita do Bicho-Folha

Via Amusing Planet

Siga Geekdama nas redes sociais!