Neste último sábado (27 de julho), Melody Lynch , de 32 anos, residente de Saucier, no Mississippi, fez o café da manhã para seu marido, colocou seus três filhos no carro e saiu dirigindo em rumo ao estado de Georgia, onde a série The Walking Dead é gravada, em busca do ator Norman Reedus, que interpreta Daryl Dixon, um dos personagens mais populares do drama pós-apocalíptico.

De acordo com a polícia, ela ficou sem gasolina no domingo pela manhã, enquanto dirigia pela estrada interestadual de West Point, na Georgia. Descendo do carro, ela sinalizou para que um carro parasse e pediu ao motorista, um completo desconhecido, que entregasse seus filhos para as autoridades.

O motorista levou as crianças, que têm entre 6 e 10 anos de idade, até o departamento de polícia de West Point, relatou o ocorrido e em seguida mostrou os policiais o ponto da estrada onde fora abordado por Lynch, que ainda estava pelo local quando a polícia chegou.

Em seu depoimento ao capitão Robert Fowley, ela disse que estava indo para Atlanta ver as filmagens de The Walking Dead. “Ela disse que estava indo visitar Norman.”, relata o capitão. “Eu perguntei quem era Norman e ela disse que ele era o ‘homem dela’ e que estava indo vê-lo. Eu perguntei quando era o sobrenome dele e ela disse que era o Norman Reedus.”

Após entrar em contato com o marido de Melody Lynch no Mississippi, a polícia a levou com as crianças para um abrigo em LaGrange, uma cidade próxima.

No domingo à noite, Lynch deixou as crianças no abrigo alegando que iria dar um passeio pelas imediações. Mas por volta das 20h, ela foi flagrada pela polícia enquanto tentava quebrar a janela de uma casa vazia com uma cadeira tirada do quintal de outra residência.

Lynch suava profusamente e disse que estava tentando entrar na casa por achar que havia deixado seus filhos lá e estava confusa por não conseguir encontrá-los. As três crianças voltaram com o pai para Mississippi enquanto Lynch foi encaminhada para um hospital local para ficar em observação.

Devido ao seu evidente estado de confusão mental, nenhuma ocorrência foi registrada contra a mulher.

via The Advertiser

Siga Geekdama nas redes sociais!