Em julho ocorreu em Los Angeles o Anime Expo 2014, uma das maiores convenções de anime no mundo. O evento contou com um painel exclusivo sobre One Piece do qual participaram representantes da Viz Media, Toei Animation, Bandai Namco Games e da editora Shueisha, entre eles Hisashi Sasaki, ex-editor-chefe da Weekly Shonen Jump, o qual também participou do podcast oficial da Shonen Jump americana, dando várias informações interessantes sobre a rotina de Eiichiro Oda.

Com mais de 350 milhões de edições vendidas desde seu lançamento em 1997, One Piece é o mangá mais lido da história. Ao ser perguntado se a editora esperava por um sucesso tão estrondoso, Sasaki confessou que eles acreditavam no potencial de One Piece, porém não antecipavam algo desta proporção.

Nós todos sabíamos que seria um bom mangá. Estávamos confiantes de que seria um sucesso. Mas nunca achamos que seria algo tão grande assim. É algo além de nossa imaginação.

Sasaki disse que, por Oda já ter trabalhado como assistente na Shonen Jump antes de se tornar um mangaká profissional, todos sabiam que ele era capaz de criar uma boa história, porém não esperavam resultados desta escala.

Era óbvio que ele era bom o suficiente trabalhar em uma série, mas não sabíamos que ele era tão bom assim (risos). Creio que ninguém achava que ele seria tão bom assim. Exceto ele mesmo (risos). Ele sempre acreditou nele mesmo e eu acho que isso é uma coisa ótima para um mangaká.

Em relação à rotina de criação de One Piece, Sasaki disse que qualquer mangaká deve trabalhar duro para lançar uma obra semanal, mas Oda é certamente a pessoa mais trabalhadora que ele conhece, chegando a permanecer três ou quatro noites em claro toda semana enquanto escreve as histórias, além de evitar parar para comer.

Ele tem trabalhado duro por 15 anos* criando One Piece e uma vez que começa a trabalhar em um roteiro, ele raramente come ou dorme porque isso reduz sua concentração da criação do mangá.

Representação da mesa de trabalho do Oda na exposição de One Piece em Taiwan.
Representação da mesa de trabalho do Oda na exposição de One Piece em Taiwan.

Oda costuma ter cerca de seis assistentes. Metade deles são profissionais experientes e metade são jovens aspirantes a mangaká buscando uma oportunidade na indústria, como Yusaku Shibata, ex-assistente de Oda que acaba de lançar seu próprio mangá, Yoakemono, na Weekly Shonen Jump.

Quando Oda está tendo uma semana difícil e com problemas em criar uma trama, ele faz com que seus assistentes estejam no estúdio para aumentar a pressão de terminar logo a história para que eles tenham algo para fazer.

Sasaki lembra que em uma semana particularmente atarefada Oda convocou o editor de Naruto para ajudar como assistente, uma vez que ele também é um artista talentoso que tinha intenção de ser mangaká antes de se tornar editor.

Durante o painel, perguntaram a Sasaki sua opinião pessoal sobre o mangá e se ele sabia o final da história, mas disse que não sabe o que é o One Piece, pois prefere descobrir como qualquer leitor.

“Creio que One Piece é o melhor de todos os mangás. E o meu palpite sobre o One Piece? Eu não sei. Eu gostaria de saber… eu gostaria de descobrir lendo”, disse Sasaki. “O editor do mangá ouve do próprio Oda o que é o One Piece e eles nunca disseram a ninguém, nem mesmo às suas famílias. Somente os editores sabem.”

Qual é a sua teoria sobre o One Piece? Deixe sua opinião nos comentários ou debata com outros fãs em nosso fórum!

*One Piece fez 17 anos em agosto. Provavelmente Sasaki se confundiu.

Fontes:
Shonen Jump Official Podcast
One Piece Official Panel – AnimeExpo 2014

 

Siga Geekdama nas redes sociais!