Uma exposição sobre One Piece que deveria ocorrer no Memorial de Guerra da Coreia Yongsan, em Seul, foi cancelada apenas três dias antes da abertura devido a uma controvérsia com ativistas coreanos, os quais alegaram que algumas das imagens da exposição supostamente faziam referência à Bandeira do Sol Nascente, um dos principais símbolos da ocupação japonesa na Coreia.

one-piece-exposição-coreia-do-sul-cancelada-bandeira-do-sol-nascente

one-piece-exposição-coreia-do-sul-cancelada-bandeira-do-sol-nascente-2

one-piece-exposição-coreia-do-sul-cancelada-bandeira-do-sol-nascente-3

No entanto, a corte do Distrito Oeste de Seul decidiu a favor dos organizadores da exibição, determinando que o evento deve ocorrer conforme o que havia sido previamente acordado.

A corte decretou que “é impossível declarar que esta série de mangás, publicada a tanto tempo, está enaltecendo o Imperialismo Japonês baseado-se em uma imagem que aparece somente em poucas cenas da série, a qual supostamente se assemelharia à ‘Bandeira do Sol Nascente’. E mesmo se realmente se tratasse da ‘Bandeira do Sol Nascente’, a situação retratada é a de um confronto de um personagem contra os protagonistas, de modo que o significado seria exatamente o oposto do que se alega.”

Uma vez que os organizadores deixaram absolutamente claro durante as negociações que a exibição seria sobre One Piece, não há argumentos para a anulação do contrato sob as alegações feitas, as quais sequer levaram em consideração o contexto geral do mangá.

O contrato para o uso do Memorial foi assinado em março, prevendo que o evento devia ficar aberto de 12 de julho até 4 de setembro.

Cartaz da exposição.
Cartaz da exposição.

Fonte: One Piece Podcast

Siga Geekdama nas redes sociais!