De East Blue a Dressrosa, One Piece tem diversos arcos com as quais os fãs gostariam de interagir em um jogo, no entanto One Piece: Unlimited World Red trás uma história totamente inédita. Koji Nakajima, produtor da Bandai Namco Games, explicou como os enredos para os jogos de One Piece são escolhidos.

“Ser capaz de reviver enredos de One Piece é muito empolgante do ponto de vista de um fã. No entanto, nós também queremos expandir o universo de One Piece e explorar histórias paralelas. Cada ano, quando fazemos um jogo de One Piece, decidimos se devemos nos focar em um determinado arco ou em algo novo. Ganbarion escreveu a história para ‘Red’. Os novos personagens para esse jogo, Pato e Yadoya, foram criados por Eiichiro Oda, o autor do mangá. Trabalhamos de perto com a Toei Animation e com a editora Shueisha para nos assegurar que tudo o que escrevêssemos estivesse alinhado com o universo de One Piece.”

Red, o principal vilão do jogo.
Red, o principal vilão do jogo.

Nakajima explicou que, depois da criação de todos os personagens, o elenco de dubladores passa por um período de adaptação onde trabalham no tom dos personagens para se certificarem que todos os ataques mantenham o clima do universo de One Pice. Esse processo demora cerca de dois meses.

“Um dos principais fundamentos na criação de ‘Unlimited World Red’ foi ter certeza de que os jogares poderiam experimentar o estilo de vida aventureiro que Luffy e seus amigos levam todos os dias. Ao invés de focar somente nas batalhas, eu queria me assegurar que houvessem aventuras e elementos da vida de um pirata no jogo. Eu gosto das partes de pesca,” diz Nakajima rindo. “Quando atualizamos ‘Red’, eu queria acrescentar ênfase às batalhas de One Piece e por isso o coliseu foi adicionado. Trafalgar Law é um personagem muito popular e ele é bem estiloso. Boa Hancock é uma das minhas favoritas.”

One-Piece-Unlimited-World-Red-Screenshots-Colisseum-Law-Luffy

One Piece: Unlimited World Red também conta com batalhas contra os chefes principais do jogo, como o Dragão Vermelho. Nakajima disse que era foi uma de suas lutas favoritas. “Um dos maiores desafios em montar um inimigo de grande porte é que é fácil de perceber os padrões de movimento. Nós queríamos minimizar isso e dar mais padrões ao dragão.”, comentou o produtor explicando como os desenvolvedores tentaram equilibrar a movimentação do Dragão com os ataques do bando.

one-piece-unlimited-world-red-imagens-chopper-edition-5

E o que podemos esperar para os próximos jogos? Nakajima afirmou não saber se a Bandai pretende continuar com a série Pirate Warriors, mas disse que gostaria de fazer um jogo de luta se pudesse.

“Eu fiz vários jogos de One Piece. No momento, eu gostaria de fazer um jogo de luta centrado em todas as possibilidades das Frutas do Diabo e do Haki. Se eu pudesse fazer um jogo de luta, eu gostaria de expor o potencial de habilidades como a do Aokiji de criar e usar gelo como ele quer.”

Fonte: Siliconera

Siga Geekdama nas redes sociais!