Por que Fear the Walking Dead está com uma qualidade tão boa nesta 6ª temporada? A resposta é: mudanças.

Apenas um ano antes, tivemos uma 5ª temporada do spin-off de The Walking Dead complicada, recebendo a primeira avaliação “podre” da franquia no site Rotten Tomatoes, em 2019.

Na época os fãs foram em massa no Twitter acusar os showrunners Andrew Chambliss e Ian Goldberg de terem deixado a série “inassistível”.

Já na 6ª temporada, Fear TWD deu uma reviravolta. Após terem feito uma abordagem antológica com seu elenco de sobreviventes que passaram grande parte da temporada separados em diferentes cantos de um faroeste atormentado por mortos-vivos, a série está desfrutando de seu momento mais aclamado até o momento, com uma temporada considerada a melhor em anos.

Victor Strand no 9º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E09 - "Things Left to Do").
Victor Strand no 9º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E09 – “Things Left to Do”).

Em entrevista ao podcast Talk Dead to Me, Michael E. Satrazemis, produtor e diretor de Fear The Walking Dead, deu seu ponto de vista ao ser questionado sobre a mudança entre a 5ª e 6ª temporadas.

Eu entreguei tudo ao Andrew e ao Ian, que são os nossos showrunners, e aos nossos roteiristas. Eles queriam contar histórias de uma maneira diferente.

A cada temporada nós tentamos reinventar a série e mantê-la atualizada. Não é reinventar 100%, mas é o que tem que ser feito para manter as histórias fortes, para manter os personagens fortes, para manter os personagens se movendo em um arco.

Como consequência, a temporada fez mudanças brutais em personagens como Morgan Jones (Lennie James) e evoluiu personagens originais da série, como Alicia Clark (Alycia Debnam-Carey), usando a morte de John Dorie (Garret Dillahunt), que foi a mais importante da série desde Madison Clark (Kim Dickens), para desenvolver personagens como June (Jenna Elfman) – e a temporada como um todo – em uma direção diferente e ainda mais sombria.

Abordagem antológica

John Dorie no 8º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E08 - "The Door").
John Dorie no 8º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E08 – “The Door”).

Satrazemis comentou também sobre o final da temporada passada:

Eles tiveram a ideia… de separar todo mundo naquele último episódio [da 5ª temporada]. Acho que isso marcou uma grande mudança.

Em End of the Line, o episódio final da 5ª temporada, Virginia (Colby Minifie) dividiu o grupo de sobreviventes antes de atirar em Morgan à queima-roupa e deixá-lo para morrer.

Isso marcou uma mudança na forma como vamos contar as histórias. Trouxe a antologia, pois teremos que ir a lugares diferentes para contar [as histórias] de todos e, então, queríamos apresentar outra forma de contar histórias.

Nova fotografia

Athena no 12º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E12 - "In Dreams").
Athena no 12º episódio da 6ª temporada de Fear The Walking Dead (S06E12 – “In Dreams”).

A abordagem antológica também significou acabar com o visual monótono da 5ª temporada e apresentar mais movimento e cores, partindo para uma qualidade mais cinematográfica e contando histórias em diferentes locais.

Satrazemis explicou esse diferencial:

Nós meio que realmente expandimos a narrativa. Um episódio pode ser uma corrida repleta de ação em um prédio com ratos (S06E03 – “Alaska”), e no outro pode ser o drama de apenas uma pessoa, como o episódio em que John Dorie lentamente vende sua alma e percebe que vai permitir que algo aconteça (S06E04 – “The Key”).

Os estilos podem mudar, então focamos em tudo isso.


O que você está achando ad 6ª temporada de Fear The Walking Dead até o momento? A série está se encaminhando para uma chocante season finale, na próxima segunda, 14 de junho, no canal AMC Brasil.

As cinco primeiras temporadas de Fear TWD estão disponíveis para streaming no Amazon Prime.

Fonte CB

Siga Geekdama - The Walking Dead Brasil nas redes sociais!