A pergunta da semana é: quem foi o responsável pela morte de Glenn? Negan é a resposta óbvia. Mas o cara que interpreta Negan disse que foi o Daryl. E o cara que interpretou Glenn disse que não foi o Daryl. Nenhum deles está certo. Há apenas um responsável definitivo: Robert Kirkman.

Kirkman, o criador de The Walking Dead, foi o responsável pela morte de Glenn na edição 100 da obra original, em quadrinhos. E a série de TV se baseou inteiramente neste material.

Mas nem sempre a série de TV faz essas adaptações fieis. No arco da prisão, por exemplo, foi Tyreese quem acabou sendo decapitado nos quadrinhos e Hershel ficou em seu lugar na versão da AMC. Nos quadrinhos Abraham morreu com a flechada no olho. Na TV foi a Denise.

Ou seja, determinadas mortes são transferidas com certa frequência. Mas apesar do encontro inicial com Negan ter ficado bastante diferente na TV, com duas mortes e toda a tortura psicológica com Rick, no final das contas eles decidiram manter o destino de Glenn.

O site Entertainment Weekly perguntou para Kirkman se o destino de Glenn na TV estava selado desde o momento em que a edição 100 foi lançada e pelo visto a resposta é positiva.

Acontece que tem muito conteúdo que surge a partir da morte de Glenn nos quadrinhos. E por mais que tentássemos mudar as coisas para manter interessante para a audiência, esse evento afeta muito Rick, assim como Negan e definitivamente Maggie. Essa morte afeta um grande número de histórias e um grande número de personagens de agora em diante. Então foi essencial que pelo menos essa cena ficasse inalterada, infelizmente.

Ênfase nesse infelizmente. Mas segundo Kirkman, outras possibilidades foram consideradas.

Nós discutimos outras opções. Mas no final das contas estávamos desviando muito do caminho sem aquela morte.

A primeira vez que Kirkman sabia quem estava matando

the-walking-dead-7-temporada-glenn

Kirkman faz questão de lembrar que a morte de Glenn foi especialmente notável por outro motivo. Foi a primeira vez que ele matou um personagem dos quadrinhos quando ele já conhecia a pessoa que o interpretava na série de TV – nesse caso, Steven Yeun.

Na verdade Glenn foi a primeira morte nos quadrinhos que aconteceu após seu personagem já ter sido escalado. Abraham morreu nos quadrinhos antes do ator Michael Cudlitz ter sido escalado para o papel.

Várias outras grandes mortes aconteceram nos quadrinhos, mas todas foram antes de um ator ter sido escolhido para interpretar tal personagem. Então Glenn foi a primeira vez que eu estava escrevendo os quadrinhos e pensei “Ah, puxa”.

E há mais uma camada em tudo isso. Todos eles são desenhos do Charlie Adlard que eu tenho uma conexão e afinidade, devido ao tempo que gasto com esses personagens falsos. Mas Glenn foi a primeira vez que havia um ser humano de verdade, o que deixou tudo meio estranho e mais difícil. E de qualquer forma, eu não posso permitir que isso mude a forma que eu escrevo as histórias.

Eu tive que passar por cima disso e manter o ritmo, mas eu hesito bastante para matar personagens da série de TV. Especialmente agora, pois eu sinto falta dessas pessoas e não é um processo legal. Mas é algo que todos concordamos que é necessário para a história e definitivamente fará com que a série se aprimore.

As mortes continuarão em The Walking Dead, cada vez mais brutais.

Fonte: EW

Siga Geekdama nas redes sociais!