Até hoje um dos episódios mais brutais de The Walking Dead foi o 1º episódio da 7ª temporada, que contou com a morte de Glenn e Abraham.

A morte de Glenn já era esperada, por ser uma adaptação direta dos quadrinhos e por causa das implicações que acarretaria, principalmente em Maggie. Mas Abraham foi um diferencial exclusivo da TV – Dwight já o havia matado nos quadrinhos!

Em entrevista ao site IMDb, Michael Cudlitz, o ator que interpretou Abraham e mais recentemente foi diretor em The Walking Dead, comentou sua insatisfação com esse massacre excessivo em apenas um episódio.

Eu sempre falava que pessoalmente achei que não foi muito inteligente matar Abraham e Glenn no mesmo episódio. São muitas perdas para os fãs, para a audiência.

Cudlitz também comentou sobre a falta que faz um personagem como Abraham em The Walking Dead:

Eu acho que um elemento de humor estava faltando na série. Eles estão retornando com isso. Havia um elemento de humor que o Abraham proporcionava, mesmo em momentos mais sérios e eu acho que está faltando isso na série.

Você concorda com Michael Cudlitz sobre o excesso de mortes na introdução de Negan em The Walking Dead?

Fontes IMDb CB

Siga Geekdama - The Walking Dead Brasil nas redes sociais!