Depois de mais de 2 anos, o caso da morte do dublê John Bernecker durante as filmagens da 8ª temporada de The Walking Dead ganha novos desdobramentos com uma decisão judicial desfavorável à AMC.

A família de Bernecker entrou com um processo contra a emissora alegando que condições impróprias de segurança teriam resultado em sua morte.

Segundo a defesa da AMC, o próprio Bernecker teria orientado o posicionamento do acolchoado que deveria amortecer sua queda e portanto, de acordo com as leis de Georgia, ele teria assim assumido os riscos, por isso a emissora não poderia ser culpabilizada.

Porém a juíza Emily Brantley rejeitou a alegação da emissora, permitindo que o caso prosseguisse.

A família de Bernecker argumentou que ele estava distraído porque outro ator participante da cena o empurrou inesperadamente, portanto o dublê não poderia ser responsabilizado pelos riscos nestas circunstâncias.

A AMC também havia alegado que os responsáveis técnicos pela cena seriam de outra empresa, a Stalwart Films, ao que os advogados dos Bernecker contra-argumentaram que o manual de segurança utilizado na série especifica que a AMC se compromete com a segurança da produção.

Em sua decisão, a juíza afirmou que os Bernecker apresentaram provas o suficiente da responsabilidade da AMC no caso para permitir que o processo prossiga. Ela também rejeitou o pedido da emissora de impedir que premiado dublê Conrad Palmisano testemunhasse no caso.

A AMC fez um pronunciamento sobre a decisão da juíza:

Este foi um trágico acidente. Enquanto continuamos a acreditar que nossa solicitação foi apropriada e apoiada pelos fatos acerca do caso e pela lei, respeitamos a decisão da Corte – sem tecermos comentários sobre os méritos dos argumentos de nenhuma das partes – para permitir que o processo avance na justiça.

O julgamento do caso se iniciará em 9 de dezembro em Georgia, estado onde a série é produzida.

De acordo com as leis locais, os Bernecker podem ser indenizados em cerca de US$ 250 mil (cerca de R$ 1 milhão).

Leia também:

Fonte Variety

Siga Geekdama - The Walking Dead Brasil nas redes sociais!