Recentemente, Gale Anne Hurd, produtora executiva de The Walking Dead, fez uma afirmação polêmica sobre a série ter diminuído a violência após a repercussão negativa do massacre de Abraham e Glenn no episódio de estreia da 7ª temporada.

A resposta gerou severas críticas dos fãs que não estão dispostos a terem cenas de violência explícita sendo censuradas da série, como no caso em que Daryl Dixon mata um Salvador quando escapava de seu cativeiro.

Para acalmar os ânimos da audiência, Scott Gimple, atual showrunner da série, e Greg Nicotero, produtor executivo e diretor de efeitos especiais, desmentiram os comentários de Hurd.

Gimple fez o seguinte relato para o site Entertainment Weekly:

A violência do episódio de estreia [da 7ª temporada] teve um motivo. O terror pelo qual os personagens estavam passando foi um momento bem específico daquele episódio e o começo de uma história totalmente nova.

Eu não acho que aquele deva ser o nível padrão de violência da série. Algo assim deve ser específico para uma história e com um propósito, que no caso foi o de traumatizar esses personagens a um ponto em que eles ficariam dóceis para o resto de suas vidas, o que era o objetivo de Negan.

Portanto, novamente, a violência do episódio de estreia foi para uma narrativa específica e eu nunca diria que aquele seria o padrão de violência que teríamos na série. Se algo assim aparecer novamente, será para uma narrativa específica.

Nicotero, a mente por trás das maquiagens e zumbis mais grotescas da série, também nega a redução da violência.

Por mais brutal que o episódio 1 tenha sido, ainda assim ele foi parte de nossa bíblia de storytelling deste mundo. Eu acho que nunca deveríamos nos editar e, mesmo após ver de novo o episódio 1, por mais que tenha sido difícil para as pessoas assistirem, acho que não deveríamos ter mudado nada. Acho que nunca pegaremos leve. Há definitivamente uma diferença entre violência contra zumbis e violência entre humanos, mas, sinceramente, estamos apresentando a nossa história.

The Walking Dead ainda terá diversos momentos de violência explícita entre humanos pela frente. Será que a série se manterá fiel às declarações dos produtores?

Fonte EW

Siga Geekdama nas redes sociais!