O 13º episódio da 8ª temporada (S08E13 – “Do Not Send Us Astray”) foi repleto de ação, com o ataque dos Salvadores à Hilltop.

Com Negan desaparecido, Simon assumiu a liderança e optou por um massacre total a todos os habitantes. Maggie e os outros conseguiram deter a ameaça, mas com um custo imenso: muitas mortes, para todas as comunidades.

E entre tantas cenas interessantes, como de costume há diversos detalhes que poucos perceberam ao longo do episódio. Você conseguiu se atentar a todos esses itens?

1 - O significado do título "Do Not Send Us Astray"

Cada episódio de The Walking Dead possui um título com um significado na história apresentada e este não foi exceção.

O título deste episódio é “Do Not Send Us Astray”, que traduzido significa “Que não nos desviemos depois deles” e refere-se a uma frase que Siddiq fala à Rick.

Ao ver Rick sozinho, Siddiq tenta se aproximar e ajudá-lo, tanto para tratar seus ferimentos, quanto para melhorar os ânimos:

Havia uma prece pelos mortos que aprendi quando eu era garoto. Terminava com a frase “Que não nos desviemos depois deles”. Os que morreram…

Neste momento Rick o interrompe, claramente incomodado com os rumos da conversa e se retira. Ainda há muita tensão entre os dois, afinal Carl morreu tentando resgatar Siddiq.

2 - A ferida na mão do Rick

Repare bem a imagem ilustrando o item anterior desta lista. Rick está sentado na escada, com o braço direito apoiado na perna. No meio das costas de sua mão há uma pequena ferida. Lembra onde ele se machucou assim?

Foi durante a luta contra Winslow, o “zumbi pontiagudo” feito pelo grupo do lixão, no 10º episódio da 7ª temporada de (S07E10 – “New Best Friends”) . Durante o confronto, Rick teve sua mão perfurada por uma das lâminas. Desde então ele tem usado curativos e agora foi possível ver como está sua recuperação.

Um ótimo detalhe da equipe de maquiagem, que não esquece das cicatrizes de batalha de Rick!

Veja mais:

3 - Tobin não foi o único habitante de Alexandria a morrer

O ataque dos Salvadores à Hilltop resultou em muitas baixas, entre elas Tobin, um dos habitantes de Alexandria presentes na comunidade antes mesmo do grupo de Rick chegar.

Mas Tobin não foi o único Alexandrino de longa data a encontrar seu fim neste episódio. Além dele, Bruce também teve a mesma morte, após se infectar com uma das armas dos Salvadores. Em seus últimos momentos, ele suplica à Maggie e os outros que o matem.

Nos quadrinhos Tobin e Bruce também são sobreviventes de Alexandria, mas que duraram muito menos. Ambos morreram logo durante o cerco de zumbis à comunidade.

4 - Tara provavelmente NÃO vai morrer

Após Hilltop descobrir que todos os que foram feridos com armas dos Salvadores se infectaram e estão morrendo, as atenções se voltaram para Tara, que também aparentava estar na mesma situação.

Ela foi atacada por Dwight, que atirou uma flecha em seu braço. Tara aceita seu destino e perdoa Dwight, para a insatisfação de Daryl.

Contudo o mais provável é que Tara não morra, pois sua situação é muito parecida com os quadrinhos, onde Rick levou uma flechada de Dwight na barriga, fazendo com que Negan e todos os outros acreditassem que ele fosse morrer.

Contudo, essa ação foi a prova cabal de que Dwight estava de fato contra os Salvadores, pois a flecha não estava infectada e Rick não morreu. Esta trama provavelmente está sendo adaptada para Tara na série de TV.

Veja mais: Tara vai MORRER por causa do ferimento com arma infectada em The Walking Dead?

5 - Pelo menos dois médicos morreram neste episódio

Médicos são um recurso extremamente valioso no apocalipse zumbi e em The Walking Dead eles não parecem durar muito, pois só neste episódio pelo menos dois destes profissionais encontraram seu fim.

Tobin mostrou ser um zumbi bem ativo, pois foi exatamente ele quem matou dois médicos do Reino: Kurt e Dana.

Kurt quase não apareceu, mas você deve se lembrar de Dana. Foi a médica que estava testando Siddiq no início do episódio.

Será que ainda sobrou algum médico para cuidar dos feridos?

6 - Zumbificação cronometrada

Sabemos que após a morte todos retornam como zumbis. Contudo, o tempo para a reanimação acontecer é bem variável, podendo ser de alguns instantes (como o Shane) até várias horas.

Desde a primeira temporada não víamos uma contagem de quanto tempo um cadáver demorava para se reanimar, quando o Doutor Jenner do CDC revelou ter cronometrado a morte de sua esposa, Candace – 2 horas, 1 minuto e 7 segundos.

Neste episódio o cronômetro entrou em ação finalmente. Vimos o relógio ao fundo marcando o momento exato que Tobin morreu e retornou como zumbi. Com falecimento às 2:31 da manhã e reanimação às 3:26 da manhã, ele demorou exatos 55 minutos para zumbificar.

***

Percebeu mais algum detalhe no 13º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Siga Geekdama nas redes sociais!