Após 8 episódios voltados para o que seria um “Santuário”, Terminus acabou se tornando o marco zero, onde além do máximo de tensão imaginável, os personagens experimentaram reencontros emocionantes e se uniram como família. Ninguém passa por tanta coisa a toa. Entre democracias e ditaduras, o grupo do Rick finalmente encontrou o equilíbrio.

E como numa relação comum, o tempo de separação ajudou. De fato, naquele exato momento, os açougueiros estavam mexendo com as pessoas erradas.  Pessoas dispostas a atirar sem hesitação, gente com muito a perder.

the-walking-dead-s05e01-carol-04

Carol

O episódio inteiro acabou girando em torno das ações dela. De personagem que já deveria ter morrido (segundo a produtora) a salvadora. De vítima do marido abusivo a matadora fria. A Carol já percebeu que a vida exige “matar gente”. Quando Mary disse que ela poderia ter sido uma deles, estava coberta de razão. Canibalismo é terrível, mas e quanto a carbonizar duas pessoas inocentes? No fim as duas tinham o mesmo objetivo: Proteger os amigos.

A diferença é que a Carol apontou a sua frieza para outro lado. Apesar de ter sido expulsa, arriscou a vida, se encheu de gosma de zumbi e entrou em Terminus para salvar a todos, provando que além de tudo, ela é uma peça necessária no grupo do Rick. .

Esse tipo de desenvolvimento cria um senso interessante de realismo e identificação.  Qualquer um poderia se encaixar em personagens como a Carol, porque para sobreviver não pode ser qualquer um, você precisa mudar para se adaptar.

The-Walking-Dead-5-Temporada-Rick-Grimes-S05E01

Rick

Deixar gente perigosa viva não é uma boa ideia. O Rick aprendeu bem a lição quando o Governador apareceu para destruir a prisão. Mesmo após a fuga bem sucedida, ele queria voltar e acabar com qualquer sobrevivente de Terminus. E teria feito isso, se não fosse o descontentamento do grupo e o reencontro com a Judith.

O nosso líder está vivendo o seu melhor momento, onde existe um equilíbrio entre os traumas emocionais e as suas ações.  Tomando decisões rápidas e definitivas, mas sem perder o bom caráter. Como disse o Glenn “É o que ainda somos”.

the-walking-dead-s05e01-carol-05

Tyreese

Mesmo ouvindo que ele e a Judith morreriam até o fim do dia, Tyreese continuou batendo papo furado. Pois bem, quase aconteceu, mas confesso que foi uma das melhores cenas do episódio. De um lado um bebê inocente prestes a ser morto, e de outro, o seu protetor obrigado a sair da cabana. Tudo valeu só pela entrada ao estilo “futebol americano” e pela sessão de socos. O cara não queria matar, tão pouco o Tyreese queria fazê-lo, mas no fim foi necessário.

the-walking-dead-5-temporada-fotos-personagens-daryl-dixon

Daryl

Há muito tempo ele tem sido um irmão para o Rick. Os dois nem precisam mais falar para se entender, bastar um olhar ou balançar de cabeça.  É sempre bom enxergar o lado humano de personagens considerados “badasses” Nesse sentido, o Daryl evoluiu bastante, principalmente após um tempo ao lado da Beth, quando as duas figuras mais contrapostas da série acabaram descobrindo um jeito de expulsar os seus demônios juntos.

Quem não se emocionou com o abraço apertado com direito a balançar a Carol no ar? Até o momento não ficou tão claro o tipo de relação entre os dois, mas a ligação é inquestionável.

“No Santuary” bateu recordes de audiência, contabilizando 17.3 milhões de espectadores nos Estados Unidos. Não foi somente bruto e frenético ou calmo e cheio de bons diálogos. Scott Gimple soube balancear tudo isso muito bem, prendendo a atenção do início ao fim. O primeiro episódio da temporada terminou com a sensação de conclusão de ciclo; o grupo está forte e unido novamente.

 

the-walking-dead-s05e01-morgan-jones

Um bônus

Quem esperou até o fim dos créditos, viu que o Morgan reapareceu. Um personagem que possui grande gratidão do Rick. Eu não sei bem o que pensar sobre isso, mas acredito que o reencontro com grupo acontecerá em algum momento chave.

Além desse, o episódio deixou vários questionamentos: O que aconteceu com a Beth? Será que o plano de salvação do Eugene vai funcionar? O grupo de Terminus realmente está morto? Deixe a sua opinião nos comentários!

Siga Geekdama nas redes sociais!