Foram condenados os quatro chineses presos no final de 2015 acusados de infração de copyright por vazar as edições da revista Weekly Shonen Jump antes do lançamento oficial no Japão para o Manga Panda, um dos maiores sites de scanlation do mundo.

O líder do grupo, um programador de 27 anos, foi condenado a dois anos de prisão e mais quatro anos de liberdade condicional, além de uma multa de ¥ 500 mil (cerca de R$ 16.285,00). Os outros três homens foram sentenciados a 18 meses de prisão, mais três anos de liberdade condicional e multa de ¥ 200 mil cada (cerca de R$ 6.51a4,00).

No início do mês, um japonês de 70 anos, funcionário de uma empresa responsável pela distribuição nacional da Shonen Jump, já havia sido condenado a 10 meses de prisão por sua participação no esquema. Durante as audiências do caso nenhum dos investigados contestou as acusações.

De acordo com informações na emissora japonesa MBS, somente o Manga Panda pode ter causado às editoras e seus funcionários um prejuízo de aproximadamente 6,5 bilhões de ienes (cerca de R$ 211,7 milhões).

Fonte: One Piece Brasil via One Piece Podcast

 

Siga Geekdama nas redes sociais!