O Memorial da Guerra da Coreia acatou as ordens da corte do Distrito Oeste de Seul e deu início à uma exposição de One Piece que havia sido cancelada apenas três dias antes da data prevista para abertura.

De acordo com o Memorial, algumas das imagens da exposição se assemelhavam à Bandeira do Sol Nascente, símbolo do poderio militar japonês, e a presença desses itens no museu seria ofensivo. Os organizadores do evento recorreram à justiça e conseguiram o direito de seguir em frente com a exposição, uma vez que a corte decidiu que as alegações do museu não tinham embasamento.

“Nosso posicionamento permanece o mesmo e cremos que a exibição é imprópria, mas não temos escolha a não ser acatar a decisão da Justiça,” disse um representante do museu.

Com o nome de Exibição Especial de One Piece – Memorial Log: Conclusão de Batalhas Difíceis, uma após a outra, o evento conta com estátuas em tamanho real de diversos personagens e itens especiais, tais como 300 colecionáveis raros, além de esboços e storyboards do anime jamais exibidos publicamente sequer no Japão.

Para evitar atritos, nenhum item que se assemelhe à Bandeira do Sol Nascente será exposto.

Uma reportagem da Fuji TV, mostra fãs coreanos comparecerando em peso à exposição, comprovando o sucesso de One Piece no país.

One-Piece-Exposição-Coreia-do-Sul
Estátuas em exposição no Memorial.

Fonte: Japan Times

Siga Geekdama nas redes sociais!