Depois de 18 anos de sua estreia, One Piece continua sendo um sucesso estrondoso, mantendo o posto de mangá mais lido de todos os tempos, com 320 milhões de cópias vendidas.

No entanto, criar uma história tão bem sucedida e trazer à vida personagens tão criativos e carismáticos exige bastante de Eiichiro Oda.

A mais recente edição de Jump Ryu, publicação que ensina a desenhar com os mangakás da Weekly Shonen Jump, trouxe um quadro que mostra a rotina diária de trabalho do artista:

– Acordar às 5 da manhã para trabalhar.
– Continuar trabalhando ao longo do dia, parando somente para comer.
– Dormir às 2 da manhã.

Para garantir que cada capítulo esteja pronto para ser publicado semanalmente na Weekly Shonen Jump, Oda segue o seguinte cronograma:

Segunda a Quarta: Storyboard e diálogos dos personagens
Quinta a Sexta: Desenhos e contornos
Domingo: Colorização e outras tarefas

Ou seja, Oda dorme apenas cerca de 3 horas por dia e se ocupa quase exclusivamente com o desenvolvimento de One Piece durante a semana inteira, tirando folgas e saindo de férias muito raramente.

Durante o Anime Expo 2014, Hisashi Sasaki, ex-editor-chefe da Weekly Shonen Jump, revelou que Oda às vezes permanece três ou quatro noites em claro sem que está desenvolvendo novas tramas, além de evitar pausas até mesmo para comer, pois isso reduz sua concentração.

O ex-editor Kōhei Ōnishi contou que durante o desenvolvimento do Filme Z, Oda chegava a fazer reuniões de até 10 horas por telefone, não parando para absolutamente nada.

 Mesmo quando íamos ao banheiro não desligávamos o telefone, então dava para ouvir o som da descarga do vaso sanitário (risos).

Ocasionalmente, a Weekly Shonen Jump lança edições duplas e, com mais tempo para terminar um capítulo, Oda aproveita para rever seus amigos.

Me encontro com meus antigos assistentes, ou outros mangakás e amigos que me ajudaram e conversamos sobre como vão as coisas e sobre o que cada um andou fazendo.

Oda tinha apenas 22 anos de idade quando One Piece começou a ser publicado, o que significa que, aos 40 anos, o artista já passou quase metade de sua vida se dedicando quase exclusivamente à sua obra.

De acordo com o editor Suguru Sugita, atual editor de One Piece, o mangá já cobriu cerca de 70% da história, o que deve render a One Piece ao menos mais cinco anos de publicação.

Resta torcer para que Oda continue com disposição e saúde o suficiente concluir sua obra com a qualidade e destreza que conquistou milhões de fãs no mundo todo.

Fonte: Rocket News 24

Siga Geekdama nas redes sociais!